News

Crianças em quarentena

Período pode servir para reforçar laços familiares com atividades lúdicas

Acostumados a gastar energia na escola, jogando bola com os amigos, nos brinquedos do condomínio, as crianças ficam estressados depois de longos períodos sem sair de casa. Mas os pais podem aproveitar esse período de quarentena devido a pandemia do Covid-19, para reforçar laços familiares e realizar várias atividades que incentivem a coordenação motora e criatividade das crianças. O equilíbrio entre lazer e rotina precisam ser preservados. Manter a rotina com horários para dormir, acordar e estudar ajuda a tranquilizar as crianças, além de serem aliados na manutenção da convivência em casa, que, para muitos, tornou-se também escritório nas últimas semanas. Para diminuir o tédio no tempo livre, listamos algumas atividades fáceis, econômicas e divertidas que podem ser feitas durante o período.

 

  1. Cabaninha: Uma boa opção para os momentos livres é montar uma cabana.  Na sala, no quarto ou do lado de fora de casa, com cobertores, lençóis, cangas, tapetes, almofadas, sofá, cadeiras, bancos, mesinhas, prendedores de roupas. Construa também castelo, forte, toca do coelho, deixem a imaginação fluir nesse momento.
  2. Culinária:  Preparar comida em família é uma atividade prazerosa e muito útil. Além do preparo, todos podem colaborar colocando a mesa e lavando a louça. Os pequenos adoram ajudar com a louça, mexer na água e fazer espuma, lavar verduras, temperar saladas, fazer um recheio de bolo! Este momento pode ser muito prazeroso e divertido!
  3. Dar banho nos bichinhos: Que tal aproveitar para lavar os bichinhos de pelúcia? Atividade refrescante e que dura a tarde toda! Use sabão de coco ou sabão neutro. Pode-se aproveitar para lavar outros brinquedos e aproveitar para ensinar a importância dos hábitos de higiene.
  4. Bolha de sabão: Faça a mistura simples de água com detergente e use o ingrediente secreto: uma colher de glicerina, que garante que a bolha não estoure na hora. Você pode reutilizar embalagens antigas ou usar uma tampa e arame. Mas vale lembrar que essa atividade precisa de um adulto para acompanhar!
  5. Mãos na massa: Quem não gosta de brincar de massinha? O melhor dela é que pode ser feita em casa. Você só vai precisar de uma xícara de sal, quatro de farinha de trigo, uma xícara e meia de água, três colheres de sopa de óleo e corantes alimentícios das cores que preferir. Depois, é só misturar tudo e, literalmente, colocar as mãos na massa!
  6. Quebra-cabeça: Jogos de quebra-cabeça existem para todas as idades. Há aqueles com baixo nível de complexidade e aqueles bem difíceis, com muitas peças, A atividade é de lazer, mas também melhora o raciocínio, a coordenação motora, a memória, a interação social e a capacidade de percepção. Escolha um quebra-cabeça condizente com a idade do seu filho ou até o desafie para tentar montar um mais complexo com a ajuda deles, que depois poderá ficar na parede como uma lembrança boa desse momento de descontração.
  7. Hora do conto: Invista no incentivo à leitura, aproveite para estimular a imaginação através de histórias educativas em livros bem coloridos!
Pular para a barra de ferramentas